Notícias

SIGA NOSSO

24/10/2017 15:00

Alunos de Fisioterapia realizam TCC na área de Dermatofuncional

A Fisioterapia Dermatofuncional tem atraído a atenção dos alunos durante o curso. Segundo a professora Conceição Barbosa, essa área atua direto na pele e é realizada utilizando-se de princípios ativos, cosméticos e aparelhos, sem uso de medicamentos. Neste período, alunos do curso de Fisioterapia estão realizando seus Trabalhos de Conclusão de Curso utilizando-se de várias técnicas, orientados pela professora Conceição.

Eletroporação

A aluna do 9º período Mércia Meireles está realizando estudos baseados na utilização da Vitamina C para o rejuvenescimento facial, com eletroporação. A eletroporação é uma técnica voltada para fazer passagem de um princípio ativo para a pele. “Eu tenho interesse na Fisioterapia Dermatofuncional desde o começo do curso. Então, eu juntamente com a professora Conceição elaboramos essa ideia de utilizar a vitamina C conciliado com a eletroporação no rejuvenescimento facial. Estou com a expectativa muito grande da satisfação de 100% das pacientes, que vai melhorar esse aspecto de pele, de foto envelhecimento, porque por si só a Vitamina C é um princípio ativo muito bom, que promove o clareamento e vai trazer mais colágeno para essa pele. Esse procedimento abre um poro, fazendo com que esse princípio que está sendo utilizado seja absorvido e realmente dê uma resposta melhor à pele”, conta Mércia.  

Alta frequência

Tratar a dermatite seborreica com alta frequência é o tema do TCC do aluno Felipe Xavier. “Esse tema surgiu depois de muita conversa com a professora Conceição, vimos então que tinha muita teria, mas não tinha quase nada de resultados na prática. Então, começamos a pesquisar e com os aparelhos que temos na Policlínica Ciências Médicas lançamos essa técnica e estamos avaliando para ver a evolução e resultados. Selecionamos uma mostra de 15 pacientes com dermatite seborreica, onde nessa mostra a gente faz a avaliação por ficha e por registro fotográfico, avaliando o antes e depois, com duas sessões semanais, o que irá totalizar 20 sessões. A alta frequência é bactericida e fungicida. Então, esse equipamento transmite a eletricidade que é passada por eletrodos, que em contato com a pele fica essa luz avermelhada, que é a presença do ozônio”.

Carboxiterapia

Já a aluna Dannyellen Lopes está estudando o uso da carboxiterapia na gordura abdominal localizada. “Essa técnica eu também conheci durante a disciplina de dermatofuncional. Ela é nova, por isso não encontramos muitos estudos. Eu me encantei com os mais variados uso em que ela pode ser aplicada. A técnica consiste na introdução do CO2 no tecido adiposo, não só serve para a gordura localizada, mas para outras tratamentos também, como para estrias e a flacidez cutânea. Isso faz com que ocorra uma nutrição do tecido e um aumento do metabolismo, realizando uma maior queima de tecido, aumenta o metabolismo local, fazendo com que essa gordura seja queimada. E é uma técnica que também pretendo levar para a vida profissional, durante meus atendimentos”.

Importância do conhecimento

A professora Conceição conta que é muito importante para o aluno está em contato com essas técnica durante a sua formação. “Eu acho muito importante o aluno ter contato com a aplicação de várias técnicas que trabalhamos na área Dermatofuncional. A nossa Faculdade oferece um trabalho muito bom em relação as clínicas, porque não é toda Instituição que tem esse trabalho, aqui eles saem generalista mesmo”.

Thumb_1 Thumb_2 Thumb_4