Outubro Rosa - Perceba, sinta, fale antes que seja tarde demais


01/10/2019 07:19

O mês de Outubro ficou Rosa para lembrar da importância da prevenção do câncer de mama. A campanha é realizada mundialmente, e tem por objetivo alertar mulheres e a sociedade em geral sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Recentemente, também tem se alertado sobre o câncer de colo do útero.

Campanha 2019 na Paraíba 

Neste ano a campanha na Paraíba tem como tema “Perceba, sinta, fale antes que seja tarde demais”, pois quanto mais precoce mais fácil o diagnóstico. Todos os meses, 73 mulheres descobrem que têm câncer de mama na Paraíba. São 880 novos casos por ano no Estado, de acordo com as estimativas do Instituto Nacional do Câncer (INCA). 

Câncer de mama

Segundo o INCA, o câncer de mama é uma doença resultante da multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor. O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do câncer de pele não melanoma. Ele responde por cerca de 25% dos casos novos a cada ano. Os principais fatores para desenvolver o câncer de mama são o envelhecimento, a vida reprodutiva da mulher, história familiar de câncer de mama, sedentarismo, idade, entre outros motivos.

É uma doença que acomete qualquer faixa etária e está intrinsecamente ligado com o processo de envelhecimento, quanto mais idade tem a paciente maior é o risco de ser acometida com a doença. Então, é importante frisar que as mulheres que passaram dos 60 anos de idade devem continuar fazendo os seus exames periódicos. Visto que, uma em cada oito mulheres, na faixa etária dos 80 anos está propensa a ter câncer de mama. 

Há vários tipos de câncer de mama. Por isso, a doença pode evoluir de diferentes formas. Alguns tipos têm desenvolvimento rápido, enquanto outros crescem mais lentamente. Esses comportamentos distintos se devem a característica próprias de cada tumor. 

É possível prevenir?

Cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis como:

- Praticar atividade física;

- Alimentar-se de forma saudável;

- Manter o peso corporal adequado;

- Evitar o consumo de bebidas alcoólicas; 

- Amamentar;

- Evitar o uso de hormônio sintéticos, como anteconcepcionais e terapias de reposição hormonal.