Setembro Amarelo: Uma campanha a favor da vida

Durante todo o mês de setembro é realizado a campanha Setembro Amarelo, que marca a luta contra um problema de saúde mundial: o suicídio. A Organização Pan-Americana da Saúde/ Organização Mundial da Saúde (OPA/OMS) alerta que o suicídio é responsável por uma morte a cada 40 segundos no mundo e é a segunda principal causa de morte entre pessoas de 15 a 29 anos de idade.

Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), mais de 800 mil pessoas morrem por suicídio a cada ano. Desse número, aproximadamente 65 mil casos acontecem anualmente em todo o continente americano. No Brasil, de acordo com a cartilha do Ministério da Saúde, cerca de 11 mil pessoas tiram a própria vida por ano.

Fale sobre o assunto

Os especialistas concordam que cada caso tem sua subjetividade própria e que todos envolvem uma série de fatores. O tratamento, tanto com remédios psiquiátricos quanto com psicoterapia, leva tempo para surtir efeito. A esperança é o fato de que, segundo a Organização Mundial da Saúde, 9 em cada 10 casos poderiam ser prevenidos. É necessário que a pessoa busque ajuda e atenção de quem está à sua volta, falando sobre o assunto, esclarecendo, conscientizando e estimulando a prevenção para reverter esse cenário.

Buscar ajuda

O Centro de Valorização da Vida - CVV realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo. O contato pode ser realizado por telefone - Disque 188, email e chat - www.cvv.org.br (24h por dia).

Também é possível buscar ajuda nos serviços de saúde: CAPS e Unidades de Saúde. Em casos de emergência acionar SAMU (192), UPA, Pronto Socorro e Hospitais.