Medicina

SIGA NOSSO

Estrutura Modular

O curso está estruturado em doze semestres, ou períodos, tendo cada um a duração de, no mínimo, cem dias letivos. Desses doze períodos, os últimos quatro, são destinados ao Estágio Obrigatório ou Internato. O curso é desenvolvido em seis anos e tem uma carga horária total de 9.535 horas.

Os conteúdos essenciais estão distribuídos em três eixos temáticos e estes em módulos longitudinais, verticais e no Internato. Conteúdos complementares são oferecidos em disciplinas ou módulos eletivos.O eixo corresponde a uma grande área temática que se desenvolve durante todo o curso sem solução de continuidade. São três os eixos temáticos: Desenvolvimento Pessoal Profissional; Interação Ensino Serviço Comunidade e oTécnico Cientifico.

Os dois primeiros eixos se estruturam em módulos horizontais que se caracterizam por terem uma pequena carga horária semanal (quatro horas), ao longo de todo o semestre, de modo a garantir um contato permanente do aluno com os temas, de forma continua, consistente, articulada internamente e com as outras do Curso, favorecendo a sua progressiva incorporação para a vida profissional.

O terceiro eixo, o Técnico Cientifico é constituído, na sua maioria por módulos verticais que se caracterizam por apresentarem carga horária densa, podendo chegar até vinte e quatro semanais e se desenvolverem em um tempo menor. A lógica da exposição seqüencial desses módulos é o de entender a complexidade do ser humano, enquanto ser biológico, psicológico e social de forma integrada.

1- Eixo do Desenvolvimento Pessoal Profissional

Os temas desse eixo são relativos à Ética e ao Humanismo na prática médica e objetivam desenvolver nos alunos conhecimentos, habilidades e atitudes voltados ao compromisso com a defesa da vida, a partir de valores e convicções éticas, morais, favorecendo uma prática ética humana e comprometida socialmente.Os objetivos propostos extrapolam os limites do período, daí o seu caráter de horizontalidade, pois, perpassa todo o curso de medicina, razão pela qual integram este módulo todos os professores do Curso, atentos às oportunidades para o aprimoramento da formação ética, psicológica e humanística dos alunos.

Esse eixo compreende um núcleo de conhecimentos de diferentes ciências, de natureza sócio-humanísticas que, visam subsidiar o entendimento do ser humano na sua dinâmica social, material e intelectual, acerca do processo saúde/doença em suas múltiplas determinações e inclui a integração de aspectos psicossociais, culturais, filosóficos, antropológicos e epidemiológicos norteados por princípios deontológicos.

2- Eixo da Interação Ensino Serviço Comunidade

Os temas desse eixo são relativos às políticas de saúde, trabalho e administração, necessários ao desenvolvimento de habilidades do aluno para o exercício profissional que, por sua vez, encontram suas referências em abordagens filosóficas, sócio-antropológicas, psicológicas, de ética e deontologia, epidemiologia e saúde coletiva.

O objetivo destes temas é possibilitar a formação de um médico-cidadão comprometido com as transformações da sociedade, privilegiando a prática médica nos níveis primário e secundário de atenção à saúde, em integração com o Sistema Único de Saúde na sua dimensão própria e complementar, respaldados: na LEI FEDERAL Nº 8.080, 1990, que regulamenta as ações e serviços de saúde, no Título IV – Parágrafo único, que determina: “Os serviços públicos que integram o Sistema Único de Saúde (SUS) constituem campo de prática para ensino e pesquisa, mediante normas específicas, elaboradas conjuntamente com o sistema educacional” e nas Diretrizes Curriculares dos Cursos de Medicina - MEC que preveem médicos aptos a trabalhar nos três níveis de atenção, “com ênfase no nível primário e secundário”.

Esse eixo integra as seguintes áreas temáticas: Fundamentos da Prática e da Assistência Médica; Diagnóstico de Saúde da Comunidade; Epidemiologia e Bioestatística; Medicina Preventiva; Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente; Atenção à Saúde da Criança e da Gestante; Assistência à Saúde do Adulto e do Idoso; e Internato em Saúde Comunitária.

À semelhança dos temas do eixo de Desenvolvimento Pessoal Profissional, também extrapola os limites de cada período, perpassando todo o Curso Médico.

3- Eixo Técnico-científico

Os temas desse eixo relacionam-se ao conhecimento da Biologia, Biotecnologia e da Clínica Médica e Cirúrgica, são conformados por áreas temáticas sobre a estrutura e o funcionamento do organismo humano, as alterações que nele se processam e a sua recuperação, direcionando-os, a possíveis situações com que o egresso do curso irá se defrontar em sua prática profissional. Esses conhecimentos não se esgotam em cada módulo. A sua aplicação é crescente.

O objetivo desses temas é prover o aluno dos instrumentos conceituais e metodológicos para aquisição das habilidades e atitudes necessárias ao exercício da profissão. Deverá ser resultante da assimilação de conhecimentos na área de formação Médica que envolve fundamentos, história, ética, aspectos filosóficos e metodológicos da prática médica e seus diferentes níveis de intervenção.

A lógica de sua exposição é a da complexidade de entender o ser humano, enquanto ser biológico, psicológico e social de forma integrada.Os temas são organizados levando-se em conta a psique e os sistemas orgânicos (reprodutor, nervoso, digestivo, locomotor, cardíaco, respiratório, renal, hematológico0, utilizando das áreas específicas e já bem estruturadas do conhecimento da Anatomia, Histologia e Embriologia, Genética, Bioquímica, Farmacologia, Fisiologia, Biofísica e, Patologia Geral, Anatomia Patológica e as diferentes áreas da Clínica e Cirurgia e da Biotecnologia.

Esses conhecimentos integrarão cada módulo, segundo a complexidade do sistema. Mesmo tendo a lógica do enfoque morfofuncional, da tecnologia e da clínica em toda a sua expressão não deverá ser perdido de vista a integração do conteúdo e dos problemas mais presentes na região sob o enfoque da determinação social do processo saúde doença, nem a preocupação com o enfrentamento ético e humanístico de cada caso.

Os conhecimentos que embasam a incorporação das novas tecnológicas à pesquisa e à prática da clínica médica serão apreendidos nos fundamentos na biofísica, na informática aplicada à saúde, nos métodos e técnicas do trabalho científico.

MÓDULOS ELETIVOS

Os módulos eletivos abordam conteúdos complementares e garantem a necessária flexibilidade ao curso, conforme preceito das diretrizes curriculares do MEC. A amplitude de temas a serem propostos depende exclusivamente do potencial do corpo docente do curso de Medicina e até mesmo da Faculdade, podendo se estender a áreas de interesse para além da Medicina. Nesses módulos, a carga horária, a metodologia e o número de vagas serão determinados em função das condições de infraestrutura e objetivos determinados. Devem ser oferecidos módulos com carga horária de 20 a 40 horas, nas duas últimas semanas do semestre e os alunos devem cumprir até 40 horas em cada um dos semestres, do 6º ao 8º.

HORÁRIO LIVRE

Em todos os semestres, com exceção do Internato, estão previstos pelo menos dois períodos livres por semana para que os alunos possam se dedicar ao estudo e a atividades acadêmicas objetivando evitar o stress, sobrecarga de trabalho e o absenteísmo.