Alunos de Medicina realizam atendimentos na área de Ginecologia


14/06/2018 15:00

Os alunos 10º período do curso de Medicina da Ciências Médicas realizam atendimentos na área de Ginecologia, no Complexo de Responsabilidade Social da Faculdade, orientados pela professora Poliana Brito.  

Atendimentos preventivos

Segundo a professora Poliana os casos mais recorrentes de atendimentos são os preventivos. “O atendimento ginecológico é importante porque a gente tira todas as dúvidas referentes ao exame preventivos, ao uso de anticoncepcionais, a probabilidade de ter filhos, para a gente fazer acompanhamento antes, e tratar todas as dúvidas que as mulheres têm de terapia hormonal, tpm, cólicas menstruais e suas alterações, entre outras. Aqui eles procuram muito para o preventivo. Sabendo que a gente tem uma idade mínima para o exame, então ele é colhido a partir dos 24 anos, mas não quer dizer que aquela paciente que tenha idade abaixo dos 24 anos, com vida sexual ativa, a gente não examine. E aí a gente atende o público de acordo com a necessidade individual de cada paciente”, explica.

Importância para a formação

Para a ginecologista os atendimentos oferecidos têm importância para a formação do aluno. “A prática é que vai sedimentar o que ele aprendeu na teoria. É muito importante ter esse contato com o paciente desde o início de sua formação e no decorrer dela. Só assim, eles poderão se tornar profissionais realmente capacitados”, conta.   

Conhecimento em prática

A aluna Wanja Lima acredita que essa prática é fundamental para sua formação profissional. “É uma boa experiência o que vivenciamos aqui. Para se formar médico é muito importante que a gente tenha esse contato com a população, pois é importantíssimo sabermos lidar com as pessoas, porque temos contato com os mais diversos tipos, das mais diversas culturas. Sem falar que essa prática faz com que a gente vivencie a teoria na realidade dos atendimentos, tudo isso é essencial”.