Boas vindas - Feras de Medicina 2019.2 são recebidos na Faculdade


01/08/2019 11:19

O dia de hoje, 01 de agosto, foi marcado pelo início das aulas para os novos alunos do curso de Medicina da Ciências Médicas, aprovados no Vestibular 2019.2.

Durante a manhã foi realizado o acolhimento pelo Núcleo de Apoio Psicopedagógico – NAAP. “O NAAP preparou, nesse primeiro dia de aula, dinâmicas que possam trazer aos alunos uma reflexão, de ‘como eu estou me sentindo hoje e quais são minhas expectativas em relação ao curso de Medicina’, assim como facilitar o processo de integração entre eles. Também viemos mostrar quais são os serviços de acompanhamento que temos, que são os psíquicos, emocional e também pedagógico, falando para eles que estaremos sempre juntos, desde esse momento inicial até a sua saída”, conta.  

O diretor administrativo financeiro Sérgio Ricardo também esteve presente nessa recepção. “Estamos muito felizes em receber esse novos alunos. A Faculdade Ciências Médicas é a Instituição melhor ranquiada no que diz respeito ao Enade e ao IDD, que são dois indicadores do MEC que medem o desempenho do aluno. Então, hoje nós estamos à frente de todas as outras Instituições de Medicina do Estado. E estamos renovando essa vontade de fazer sempre o melhor para que nosso aluno realmente tenha um bom desempenho”.

Palestras

No período da tarde aconteceu um momento para “Orientações gerais: Módulo de Introdução ao Curso de Medicina”, com a professora Rebeca Athayde, e logo em seguida a palestra “Noções de Biossegurança”, com a professora Viña Del Mar. 

Concretização de um sonho

Para a fera Isabelly Nobre esse é o início da realização de um sonho. “Eu sempre sonhei em fazer Medicina, já sou formada em Engenharia Civil, mas Medicina foi o que eu sempre quis, assim também como a FCM, que foi minha escolha entre tantas”, afirma.

O novo aluno João Pedro Leal conta que se dedicou bastante para alcançar seus objetivos. “Sempre foi um sonho chegar nesse momento. Fiquei muito feliz com essa recepção e ainda mais em saber da qualidade do ensino e do apoio necessário aos alunos”, diz.

Gabriela Santos conta que está cheias de expectativas para esse começo. “Desde criança que eu tenho o desejo de ser médica e as expectativas em relação a tudo é muito grande. Me dediquei muito, passei madrugadas estudando e tive muito apoio da família. E hoje estou aqui”, conta.