Faculdade premia alunos destaques dos projetos de extensão


12/08/2019 08:04

Para celebrar o Dia do Estudante, a Ciências Médicas instituiu o prêmio ‘‘Aluno Destaque’’ para os discentes que se destacam nos Projetos de Pesquisa e Extensão disponibilizados pela Faculdade.

 

Homenagem

A homenagem foi feita para os alunos dos cursos de: Farmácia, Nutrição e Medicina, com a entrega surpresa da placa e certificado. “O objetivo da premiação do Aluno Destaque na nossa Instituição é reconhecer e valorizar o aluno que se dedica durante toda formação a fazer outras atividades, para além da sala de aula. Então, ele está na extensão, está na Comunidade, prestando assistência, desenvolvendo projetos de pesquisas, porque dentro da extensão isso também é fomentado. Esse é o momento de enaltecer aquele aluno que mais se dedicou, que mais se comprometeu. Não dá para premiar todos, mas escolhemos com muito carinho, dentro dos critérios, aquele aluno que realmente foi o Aluno Destaque”, conta a assessora dos Projetos de Pesquisa e Extensão Rosa Camila.

 

Sobre os critérios 

De acordo com Rosa Camila, os critérios para seleção do aluno destaque estão estabelecidos na Resolução N°57/2018 que dispõe sobre o REGULAMENTO DE EXTENSÃO DA FCMPB/FAAJP, criando e regulamentando a Assessoria de Pesquisa e Extensão - APEx da Faculdade de Ciências Médicas da Paraíba e da Faculdade Anglo-Americano de João Pessoa, com funções de pesquisa e extensão. Ela cita os critérios:

  1. Assiduidade; (1,0)

  2. Pontualidade; (1,0)

  3. Papel de liderança e engajamento no grupo; (1,0)

  4. Desenvolvimento de abordagem e procedimento de superior destaque ao grupo; (1,0)

  5. Publicação com docentes orientadores; (1,0, a cada publicação adicionar +1,0)

  6. Publicação de pesquisa original, capítulos, revisões, e/ou livros relacionados à área de do projeto; (1,0, a cada publicação adicionar +1,0)

  7. Desenvolvimento de material educacional impresso ou outra mídia; (1,0)

  8. Atuação como monitor na área do projeto de pesquisa e extensão; (1,0)

  9. Atuação como monitor em área interdisciplinar; (1,0)

  10. Condução de pesquisa que avança significativamente independente das orientações docente; (1,0)

  11. Participação em outros projetos acadêmicos (DCE, DA, liga, monitoria); (1,0, para cada participação adicionar +1,0)

  12. Discente nunca ter feito final; (1,0)

  13. Tempo de participação no referido Projeto; (1,0, a cada semestre de participação adicionar +1,0)

  14. Tempo de participação em Projetos de Pesquisa e Extensão; (1,0, a cada semestre de participação adicionar +1,0)

  15. CRE;(acima de 7,0- 1,0, a cada décimo adicionar +1,0)

  16. Nota em disciplina correspondente ao Projeto de Pesquisa e Extensão. (acima de 7,0- 1,0, a cada décimo adicionar +1,0) Pontuação: Mínima 16,0 – Máxima >21,0.

 

Surpresa

As alunas premiadas contam sobre a homenagem:

“Fico muito grata de receber esse prêmio, e espero que eu possa inspirar outras pessoas a também entrarem nos projetos de pesquisa e extensão, que elas entendam a importância de participar e se formar com uma melhor qualificação para o mercado de trabalho. Além da iniciativa da Faculdade de implantar esses projetos, que é o diferencial da FCM, também é muito importante você ser reconhecido pelo seu trabalho, eu fico muito feliz”, conta a aluna de Medicina Cyndi Nogueira.

 

“Estou muito feliz e agradecida aos meus amigos que trabalham junto comigo no projeto e também a professora Clélia, que nos ajuda muito a passar o nosso conhecimento. Participar dos projetos de extensão nos dá aprendizados para a vida, o nosso desenvolvimento profissional aqui na Faculdade é o que a gente leva pra sociedade. É muito gratificante alguém ter uma dúvida e sermos capazes de esclarecer”, pontua a aluna de Farmácia Raquiele Barbosa.

 

“Eu não esperava essa premiação, realmente foi uma grande surpresa, mas eu estou muito feliz! Faz três anos que eu estou na extensão e é muito gratificante saber que meu trabalho está sendo reconhecido pela Faculdade. Eu participo do projeto de Cuidados Paliativos e acho que é muito importante porque aprendo muito com a Comunidade, tenho experiências que vou levar para a vida e acredito que todo aluno deveria começar desde o início do curso a participar”, afirma a aluna de Medicina Maria Alice Gadelha.    

 

“Foi uma surpresa muito feliz, fiquei muito realizada, porque é uma forma de reconhecimento por todo trabalho que a gente faz. Eu sou muito feliz por ter entrado no projeto Muito Além do Autismo, que me encantou com a proposta que ele tem de contribuir com uma comunidade tão carente. E assim, fazer parte disso e poder levar um pouquinho do meu conhecimento para essas pessoas é incrível. E a gente consegue ver o desenvolvimento das crianças levando saúde e nutrição para elas, isso é maravilhoso”, afirma a aluna de Nutrição Marcela Tozzi.