Projeto de extensão desenvolve atividades com ênfase na saúde mental de idosos


23/10/2018 10:50

No último dia 20 de outubro, os alunos do Projeto de Pesquisa e Extensão Cuidados Paliativos da Ciências Médicas realizaram atividades voltadas para a avaliação da cognição e estímulo da memória, com um grupo de idosos em um lar de longa permanência, na cidade de João Pessoa. As atividades foram supervisionadas pelas professoras Rachel Fonseca e Maria das Graças.

 

Cuidados paliativos

 

Para Rachel Fonseca o cuidado deve ser visto de forma ampliada, além da doença do idoso. “Pensamos os cuidados paliativos na sua multidimensionalidade, logo, desenvolver atividades voltadas para saúde mental, também faz parte das atividades dos profissionais de saúde, incluindo atividades de estímulo da memória, coordenação motora, concentração e socialização. Foi muito bom ver a alegria dos idosos participando, a capacidade de raciocínio e interação entre eles. O cuidado precisa ser entendido como algo ampliado, além da abordagem voltada para a doença que o idoso traz no seu corpo”, afirma

 

Saúde mental dos idosos

Segundo a professora Rachel a Demência é um prejuízo adquirido e permanente da capacidade intelectual que afeta pelo menos três das cinco áreas da cognição: memória, linguagem, capacidade visuoespacial, emoção e personalidade. ”As principais causas de demência são a doença de Alzheimer. O risco de uma pessoa ser portadora de demência dobra a cada cinco anos a partir dos 60 anos de idade, de modo que, estima-se, aproximadamente 50% das pessoas com 85 anos apresentem algum tipo de demência. Esse percentual alarmante, aliado ao atual envelhecimento populacional, torna premente a discussão dos Cuidados Paliativos nas demências, uma vez que o número de pessoas demenciadas crescerá exponencialmente nas próximas décadas”, finaliza.